Em busca do pensamento livre.
Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2018

 

 

 

 

Surprende como, ciclicamente, se assume o afastamento do professor da centralidade do processo de ensino e aprendizagem. No século XVII, por exemplo, procuravam-se novos recursos didácticos mas sempre com o professor dentro do espaço central. Aliás, foi com a célebre "Lição de Anatomia do Dr Nicolaes Tulp" (1632) que Rembrandt se apresentou, e se afirmou, em Amesterdam. Se atentar, verá que os alunos deixaram de estar alinhados e que o seu olhar divergia: para o professor, para o livro aberto, para o objecto de estudo e até para a "objectiva". E claro: todos estavam iluminados mas muito atentos, como que a sublinhar que na pedagogia há intemporalidades que é fundamental que sobrevivam aos modismos.


Imagem:
Rembrandt van Rijn, The Anatomy Lesson of Dr Nicolaes Tulp, 1632
Museu Mauritshuis, Haia, Agosto de 2017

36314992240_87f66a423d

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 15:13 | link do post | comentar | partilhar

4 comentários:
De anónimo a 29 de Janeiro de 2018 às 21:05
"na pedagogia há intemporalidades que é fundamental que sobrevivam aos modismos."

100% de acordo.

O que arrasa com tudo é ouvir e/ou ler os modistas que percebem tanto do assunto como eu de carpintaria.


De paulo prudêncio a 29 de Janeiro de 2018 às 21:35
Nem mais.


De mario silva a 3 de Fevereiro de 2018 às 23:47
a propósito da pintura, é uma ironia sardónica verificar que nesse século a didática de ensino de anatomia era mais avançada do que aquela utilizada nas atuais faculdades de medicina, em que ensinam anatomia sem recorrer a modelos humanos ou artificiais, dando mais enfâse a sebentas grossas que se limitam a uma descrição prolixa da anatomia, sem uma única imagem de ilustração...


De paulo prudêncio a 5 de Fevereiro de 2018 às 16:19
:) :)


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Ora nem mais.
Muito bem, Paulo. Há muito quem fale, quando lhe c...
Há vários anos que são publicados estudos de crono...
Nem mais. Neste caso, deve ser informação de um do...
"Para Rio, o Governo reverteu quase tudo de Crato....
Nem mais. Passei os olhos pelo histórico do blogue...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
88 comentários
78 comentários
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676