Em busca do pensamento livre.
Quarta-feira, 8 de Março de 2017

 

 

 

Após catorze anos de carreiras congeladas (2003 é a data inicial), muito antes, portanto, da troika, é natural a hipersensibilidade ao tema. Fala-se de retroactivos na ordem dos 500 milhões de euros. Mesmo que a quantia seja, por exemplo, um oitavo dos 4 mil milhões do Estado (o anterior Governo até prometeu lucros) que voaram no Novo Banco, ponderam-se os objectivos orçamentais no adiamento com carácter definitivo (para ser brando). Mas exigem-se explicações.

O que torna o assunto menos aceitável, é que não se posicionem as pessoas em 2017, 2018 e 2019 no escalão referente aos seus requisitos legais.

O que é inaceitável é o anúncio, não desmentido, "que para subir na hierarquia do Estado vão ser precisos prémios e promoções". Assiste-se com perplexidade ao regresso do pesadelo kafkiano do mérito-para-as-massas. Bem sei que António Costa anunciou o simplex dois com um animal a voar, mas mesmo que se goste muito de Marc Chagall (um mestre nos seres vivos voadores) não há atenuantes: as pessoas estão saturadas deste género de voo.

 

18723264_kFU1M

 

Marc Chagall.

 Albertina museum. Viena. Agosto de 2015.



publicado por paulo prudêncio às 15:30 | link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De mario silva a 15 de Março de 2017 às 12:48
1- está instituído nos gabinetes que a progressão não existirá para uma faixa etária (40-50 anos) no imediato e será muito seletiva para os mais novos.
2- a existir uma (improvável) hipotética progressão, em vez de serem colocados no escalão correspondente aos anos de serviço que possuem, apenas serão colocados no escalão subsequente aquele em que estão.
3- todo o processo foi delineado premeditadamente quando se constatou a estatística etária dos trabalhadores.
4- na classe docente, a faixa etária dos 40-50 anos terminará (numa perspetiva otimista) a carreira no 6º escalão no máximo (numa perspetiva pessimista, 4º-5º escalão e outros serão colocados em mobilidade ou despedidos). Sugere-se calcular o valor da pensão de reforma que essa faixa terá...
Os mais novos, apenas uma ínfima percentagem chegará acima do 6º escalão.
5- com os muitos milhares de milhões de € a pagar pelos crimes bancários, PPP, contratos swap, contratos públicos ruinosos, ajustes diretos, corrupção, etc., até 2050, existe o pretexto perfeito para invocar a impossibilidade do mérito de progressão.
6- a não ser, que utopicamente, exista uma movimento de massas que 'dê um colossal murro na mesa'...utopicamente...


De paulo prudêncio a 15 de Março de 2017 às 21:12
Enfim.


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
comentários recentes
Boa malha.
Sem dúvida.
Exactamente.E ninguém quer a escola"à beira de um ...
Assim parece.
Isto não muda tão depressa.
posts recentes

das vacinas

da actualidade e da queda...

Outra trapalhada!

ainda a utilidade do inút...

A utilidade do inútil

ligações
posts mais comentados
tags

agrupamentos

além da troika

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

banda desenhada

bartoon

blogues

caldas da rainha

campanhas eleitorais

cartoon

cinema

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

crise mundial

crónicas

democracia mediatizada

desenhos

direito

direitos

economia

educação

efemérides

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

finanças

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

mais do mesmo

manifestação

movimentos independentes

música

organização curricular

paulo guinote

poesia

política

política educativa

portugal

professores contratados

público-privado

queda de crato

queda do governo

rede escolar

sociedade da informação

tijolos do muro

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

sua excelência (2) (reedi...

sua excelência (1) (reedi...

subscrever feeds

web site counter
arquivo
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676
mais sobre mim