Em busca do pensamento livre.
Domingo, 18 de Maio de 2014

 

 

 

 

 

Nuno Crato cita muitas vezes o anterior ministro da Educação (houve uma fugaz Carmo Seabra pelo meio) da maioria que está no poder, David Justino, que por sua vez se acha o mentor ministerial em terras lusitanas de uma série de políticas que vão dos ganhos de eficiência às disciplinas estruturantes.

 

Noutro dia, mais precisamente no 15 de Maio (recordo-me porque é feriado nas Caldas da Rainha), vi uma parte de uma entrevista a David Justino na RTP2 (programa livre pensamento(?), não sei bem o nome). Consegui apanhar duas pérolas. "Um aluno que entra agora no sistema faz em média 15 anos de escolaridade e temos a obrigação de tentar adivinhar os saberes fundamentais daqui a década e meia: e o ex-MEC não tem dúvidas: cálculo, leitura e língua franca. Claro que rematou: os saberes acessórios também devem continuar." É triste constatar estes "ganhos de eficiência", mas um país que tem raciocínios visionários destes (a história, a filosofia, as ciências, as artes, os desportos em geral e por aí fora talvez nem existam em 2029: será só calcular e para isso será imperativo interpretar o texto que obriga ao cálculo e em inglês) deve temer o pior, como se comprova.

 

Mas mais: o ex-MEC rematou mesmo. Enalteceu a metodologia do treino do futebol para justificar um género de cortes curriculares. A sério que o fez. "O treino do futebol tem hoje mais intensidade do que volume, ou seja, treina-se menos tempo mas com mais intensidade". Para David Justino, um atleta actual passa menos tempo em exercício e o "futebol está muita à frente da Educação". Portanto, devemos ter menos disciplinas e com menos aulas mas tudo muito mais intenso.

 

Não nos admiremos que Crato opte por um sistema intensivo com "mais exames do que aulas" e em que os ganhos de eficiência liderem todos os cortes em solo português com mais de mil milhões de euros em três anos. Não agrada a todos? Agrada aos credores que por sua vez agradam a 1% (ou são mesmo essa ínfima porção) da população a quem estas pessoas parecem prestar a única vassalagem. E já agora, o Público de hoje tem um editorial com alguma sensatez sobre exames, embora se deva considerar a distância da realidade e algum natural desconhecimento da história da docimologia.

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por paulo prudêncio às 13:31 | link do post | comentar | partilhar

4 comentários:
De MCA a 18 de Maio de 2014 às 15:30
Não suporto esta mentalidade. Só há uma infância e as crianças deveriam poder ser crianças durante o seu tempo natural. Só brincando muito é que se ganham as bases para se lidar com as frustrações, ansiedade, responsabilidade. Preocupa-me quando se põem pesos sobre as crianças cedo demais. E também que se encurtem os programas lectivos para "treinar" exames. Isso é aprender de verdade?


De paulo prudêncio a 18 de Maio de 2014 às 21:38
Enfim.


De Cristina Ribas a 18 de Maio de 2014 às 22:57
Paulo, um conceito (será que existe conceito?!...) de sistema educativo duplamente ferido de morte - por um lado, reduz-se o sistema educativo a um processo de instrução; por outro, esse mesmo processo de instrução, ao distinguir entre saberes essenciais e saberes acessórios, recusa olhar para a pessoa que é cada aluno como um ser orgânico, como tão bem refere Ken Robinson.


De paulo prudêncio a 18 de Maio de 2014 às 23:22
Concordo Cristina. E já nem se percebe se concordam com o que defendem ou se é uma questão financeira. No estado em que estamos, a ideologia vai muito para além da economia, da troika e por aí fora.


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Muitos bom este comentário, se me permite. Obrigad...
E parece uma queda a um ritmo mais acelerado do qu...
Percebo. É matéria complexa. Esse nivelamento podi...
Não adianta ignorar: uma parte da população pensa ...
não bastando os problemas sócio-económicos, agora ...
esclarecimentos
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
88 comentários
75 comentários
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676