Em busca do pensamento livre.
Terça-feira, 25 de Julho de 2017

 

 

 

"Polícia chamada a intervir por problemas com matrículas em Lisboa" é a principal notícia do Público online. Este problema tem causas, por muito que custe à voracidade mediática. A rede escolar tinha densidade, apesar da péssima organização do território, até à chegada dos barrosistas que "reformaram" a eito e implodiram (com erros graves na escolha dos alvos) a lei orgânica do ministério: acabaram com 23 estruturas (centros de área educativa) que tinham massa crítica na organização da rede e os anos que se seguiram foram tragicómicos. Houve episódios hilariantes de boys-PSD-CDS a orientarem reuniões de rede com números que triplicavam os estudantes existentes em alguns concelhos. Segui-se o socratismo-boys-PS que exponenciou o mercado, e o negócio, de "privados" a quem o curto santanismo escancarou as portas. O Passismo-Portismo-boys-pàf acrescentou a epifania da liberdade de escolha, e da legítima segregação, que só se regula de um modo: chamem a polícia (mas não se esqueçam que as crianças assistem).



publicado por paulo prudêncio às 12:20 | link do post | comentar | partilhar

2 comentários:
De mario silva a 31 de Julho de 2017 às 00:51
paradoxos educativos: umas escolas dão-se ao luxo de rejeitar alunos porque estão atestadas e outras mendigam alunos...uma evidência da assimetria regional, pois a fartura está situada no litoral (entre Lisboa e Viana do castelo) e a carência pulula no interior...
Numa estimativa grosseira, constatei que por todo o país aumentou o nº de turmas com mais de 28 alunos porque a DGE não autoriza criar mais turmas com menos alunos; isto implica menos turmas e logo menos horários para os profs e pior qualidade pedagógica para os alunos. Portanto, as reversões mais impactantes vão ficar por fazer, como por exemplo, a redução do nº de alunos por turma (e além desta, as outras como a redução da componente letiva nos moldes anteriores ou maior nº de horas de crédito horário para apoios educativos).
Então qual a diferença entre estes e os que lá estavam antes?


De paulo prudêncio a 31 de Julho de 2017 às 12:26
Boa interrogação. Não se reverteu e o tempo passa.


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
É impressionante como a CFA oscila nos extremos. S...
Fui ler.É, de facto, incrível como CFA fala sobre ...
não há conspirações; isso são coisas de hollywood....
A triste realidade.
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

efemérides

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
88 comentários
75 comentários
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676