Em busca do pensamento livre.
Terça-feira, 24 de Março de 2009

 

 

 

"O truque é não nos enganarmos a nós próprios

acerca de certas coisas: pequenas ilhas rochosas no mar

das próprias desilusões. Agarrá-las e não se afogar

é o máximo que um ser humano pode alcançar".


Elias Canetti

 

 

 

 

Uma conversa com um amigo levou-me, de novo, a Chantal Mouffe. Esta licenciada em Filosofia Política é autora de diversos artigos e ensaios no domínio do pensamento político. Estudei com detalhe, na segunda metade da década de noventa, a sua excelente obra "O Regresso do Político": um tema sempre actual.

 

É uma obra cujo tema central "(...) que confere unidade ao livro, é uma reflexão sobre o político e sobre o carácter inerradicável do poder e do antagonismo(...) para uma crítica do actual discurso racionalista e individualista liberal, bem como para uma reformulação do projecto da esquerda em termos de "democracia radical e plural".

 

 

Na contra-capa do livro pode ler-se:

 

  • "O mundo contemporâneo é diariamente assolado por conflitos étnicos, religiosos e nacionalistas, e a política democrática ocidental está a passar por uma crise de eficácia e de legitimidade. Chantal Mouffe pretende demonstrar que a teoria da democracia liberal tem sido incapaz de compreender estas questões em virtude da sua desadequada e essencialista concepção da política.
  • O universalismo, o racionalismo e o individualismo da teoria liberal têm-na cegado à especificidade da política, nomeadamente ao papel do antagonismo e do poder na vida social. A autora está preocupada com o facto de as duras conquistas de revolução democrática poderem ser prejudicadas por uma compreensão deficiente das origens da identidade política. Propondo uma reformulação completa das categorias centrais da teoria política - como a cidadania, a comunidade e o pluralismo -, O Regresso do Político ajuda-nos a perceber o desfasamento que existe entre a teoria democrática e os acontecimentos turbulentos do nosso tempo".


publicado por paulo prudêncio às 14:44 | link do post | comentar | partilhar

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
comentários recentes
Boa malha.
Sem dúvida.
Exactamente.E ninguém quer a escola"à beira de um ...
Assim parece.
Isto não muda tão depressa.
posts recentes

das vacinas

da actualidade e da queda...

Outra trapalhada!

ainda a utilidade do inút...

A utilidade do inútil

ligações
posts mais comentados
tags

agrupamentos

além da troika

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

banda desenhada

bartoon

blogues

caldas da rainha

campanhas eleitorais

cartoon

cinema

circunstâncias pessoais

coisas tontas

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

crise mundial

crónicas

democracia mediatizada

desenhos

direito

direitos

economia

educação

efemérides

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

finanças

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

mais do mesmo

manifestação

movimentos independentes

música

organização curricular

paulo guinote

poesia

política

política educativa

portugal

professores contratados

público-privado

queda de crato

queda do governo

rede escolar

sociedade da informação

tijolos do muro

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

sua excelência (2) (reedi...

sua excelência (1) (reedi...

subscrever feeds

web site counter
arquivo
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676
mais sobre mim